» » Mãe de Jair Di Gregório tem duas fraturas no braço e médico da rede pública de BH não nota

Amigos,

Hoje vou relatar uma história triste que aconteceu com minha mãe, mas que poderia ser a genitora de qualquer um dos leitores.

No dia 2 de Junho, minha mãezinha sofreu um tombo no interior do banheiro de sua residência, no bairro Juliana, na região norte de BH. Ela foi levada para o Hospital Risoleta Neves (João XXIV) da rede pública, atendida por um ortopedista e liberada após receitarem alguns remédios.

Uma semana depois, com dores e inchaço, eu e meus irmãos levamos minha mãe até um médico particular e descobriram que tinha duas fraturas no braço, sendo uma quase exposta. Diante desse fato, além de perplexidade e sensação de impotência, ficam as indagações:
- Como fica a maioria da população que não tem condições de serem atendidos pela rede de saúde privada?
- Até quando veremos o povo sofrendo nas filas de Upas e Hospitais de nossa cidade, estado e país?
- Porque a saúde não é prioridade das políticas públicas?
- Porque a saúde não é prioridade do governo PT, quando diz ser um partido do povo?
- Até quando um filho angustiado verá sua genitora ser tratada assim por quem tem o dever constitucional de garantir o direito à saúde?

Jair Di Gregório








Postador Jair Di Gregório

Seja Bem-vindo ao meu blog. Deixe abaixo os seus comentários. Obrigado por sua visita e volte sempre!
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta