» » Governo entrega ambulâncias beneficiam população de 410 municípios de Minas Gerais

Governador Antonio Anastasia entregou, nesta segunda-feira, 477 veículos para reforçar o Sistema Estadual de Transporte em Saúde

O Sistema Estadual de Transporte em Saúde (Sets), responsável por garantir o deslocamento do paciente de forma eficiente e humanizada, para realização de exames e consultas especializadas fora de seu domicílio, ganhou reforço de 477 novas ambulâncias, que irão beneficiar 410 municípios de Minas Gerais. A entrega dos veículos, modelos Fiat Doblô e Renault Kangoo, foi realizada nesta segunda-feira (5), na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves. O Governo de Minas investiu R$ 21,73 milhões para a aquisição das ambulâncias, equipadas com maca fixa de alumínio e cilindro de oxigênio de cinco litros.

O governador Antonio Anastasia, durante entrevista, ressaltou que a entrega dos novos veículos de saúde atende às reivindicações dos prefeitos mineiros. Ele lembrou que o sistema de transporte em saúde oferece conforto e segurança às pessoas, além de permitir que o paciente faça o seu tratamento de maneira adequada. A entrega das ambulâncias, segundo o governador, faz parte de um planejamento maior para garantir robustez ao sistema hospitalar mineiro.  

“Mesmo com o Pro-Hosp melhorando, com a construção de hospitais, ainda precisamos deslocar doentes. Por isso, as ambulâncias são tão importantes e há uma grande solicitação e reivindicação dos prefeitos municipais para novos veículos de saúde. Ambulância é um veículo que roda muito e, assim, ele tem que ser substituído com certa brevidade. É claro que cada vez mais o investimento na saúde se consolida”, afirmou o governador, lembrando que, pouco antes da cerimônia, havia assinado convênios para alocação de recursos, com a Santa Casa de Misericórdia de Montes Claros, na semana passada com Divinópolis, e nesta quarta feira (7), irá a Sete Lagoas para assinatura de convênio repassando recursos para a conclusão do hospital regional.

Em oito anos de implantação e de gerenciamento pela Secretaria de Estado de Saúde, o Sets vem demonstrando grandes resultados. O número de pessoas que utilizam este serviço vem crescendo anualmente. Em 2012, houve um aumento de 27% em relação a 2011, com o transporte de cerca de 2,3 milhões de pessoas. Além disso, houve redução de até 75,9% nos custos das prefeituras, segundo pesquisa econômico-financeira realizada em 2009 com mais de 160 municípios. Pesquisa de satisfação do usuário realizada em outubro de 2011 mostra que 95,8% dos usuários estão satisfeitos com o serviço.

Funcionamento
Por meio de um sistema via web, liberado a todos os municípios contemplados com o módulo eletivo do Sets, são realizados os agendamentos dos pacientes, aos destinos previamente pactuados entre os gestores de saúde dos municípios. Após o agendamento, o sistema emite o bilhete de passagem, informando a placa do veículo em que será feito o trajeto, o horário e o número do assento do passageiro.

Este sistema é utilizado também pela coordenação estadual e pelo consórcio gerente do serviço na região para acompanhar o desempenho do serviço. O sistema de agendamento também auxilia na organização do serviço no consórcio, uma vez que, antes mesmo da chegada do veículo a sua clínica, o estabelecimento saberá a quantidade de pacientes que foram destinados e de qual localidade eles são.

De maneira simples e rápida, também garante informações sobre o número de pessoas transportadas (pacientes e acompanhantes), localidade de origem e destino, faixa etária e quantidade de faltas que há no sistema.

Os veículos do Sets contam com rastreamento via GPRS, sendo monitorados 24 horas do dia. Assim, é possível acompanhar a localização, a velocidade do tráfego, a duração da viagem e a quilometragem total percorrida.

Universalização
O secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge, afirmou, em pronunciamento, que a gestão Antonio Anastasia empreendeu uma nova lógica que é modelo para o país, com a implantação do Sistema Estadual de Transporte em Saúde. Já foram investidos mais de R$ 104 milhões no sistema.

“No que tange ao transporte para os exames, para as consultas, organizamos o Sets, aqueles micro-ônibus gerenciados pelos consórcios, em uma nova governança. Neste momento, temos uma cobertura de quase 700 municípios. Até o final da gestão, teremos o Sets universalizado. Já transportamos com conforto e segurança, mais de 8 milhões de usuários. Teremos somente neste ano a entrega aos municípios de 800 veículos”, disse Antonio Jorge.

O prefeito de Sete Lagoas, Márcio Reinaldo, representando as prefeituras beneficiadas, destacou a importância das parcerias para o avanço da saúde.  “Para nós, prefeitos, o desafio maior é garantir aos nossos cidadãos serviços de saúde de qualidade, com a eficácia desejada e no momento em que são reclamados pela população. Para que isso aconteça de maneira adequada é necessário que a cooperação entre União, estados e municípios se aperfeiçoe no tempo e espaço e ganhe dimensão e robustez para atender as demandas sempre crescentes e cada vez mais complexas”, disse.

Assessoria de Comunicação com Agencia Minas

Postador Unknown

Seja Bem-vindo ao meu blog. Deixe abaixo os seus comentários. Obrigado por sua visita e volte sempre!
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta