» » Pastor vítima de acidente que matou 12 fiéis no Vale do Rio Doce será enterrado nesta sexta-feira

Vai ser sepultado nesta sexta-feira (6) o pastor evangélico Raimundo Ximendes, de 61 anos, em Taguatinga, na região administrativa do Distrito Federal. Ele é a 12ª vítima do trágico acidente com um ônibus de turismo que levava fiéis para a inauguração de um templo em Setubinha, no Vale do Mucuri.
O Pr. Raimundo Ximendes corria o risco de ficar tetraplégico e estava internado, há dois meses, em um hospital particular de Taguatinga. A batida ocorreu na MG-259, em São José do Goiabal, na região do Vale do Rio Doce, em julho. O pastor morreu nessa quinta-feira (5), em razão de complicações nos rins. As informações são do Jornal de Brasília. 
O velório do pastor está sendo realizado em uma das unidades da Assembleia de Deus da cidade de Taguatinga, na manhã desta sexta. O horário do enterro ainda não foi divulgado, mas deve ocorrer no fim do dia.
O acidente ainda deixou outros quatro feridos em estado grave: Nilton Silva Moura, Sebastiana Dantas da Silva, Francisca Nunes dos Santos – mulher de um dos mortos – e Maria da Dores Granja, que teve um dos braços amputado.
Um inquérito para apurar as causas do acidente foi aberto em Governador Valadares, na região do Vale do Rio Doce.
Relembre o caso 
O grupo de 42 passageiros viajava de Brasília para Setubinha, no Vale do Mucuri, para participar de um evento religioso de inauguração do novo templo da Assembleia de Deus. 
Há um ano os evangélicos faziam um trabalho de doação de mantimentos para a cidade mineira. O acidente ocorreu após o motorista do ônibus perder o controle em uma curva e cair em uma ribanceira, na MG-259, no quilômetro 223.
Um dos condutores do veículo, Evilásio Silva Feitosa, de 36 anos, contou aos bombeiros que o coletivo havia apresentado problemas nas mangueiras do freio. Sete passageiros morreram debaixo da lateral do ônibus, três foram jogados para fora do veículo.
A lista com os nomes dos mortos também foi divulgada, sendo eles: Maria Rodrigues de Brito, Marinalva Vicente da Silva, Simone Lima da Silva, Valmira Felix, Vandelina de Jesus Monteiro, Denílson Alves dos Santos Silva, Edinalva Maia Araújo, Evanice de Oliveira Costa, Jacira Clara de Souza e Gunnar Teodoro, esse último era o mais novo do grupo, e tinha aproximadamente 18 anos. Agora, o Raimundo Ximendes também integra a lista.
Na época, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) divulgou que o ônibus estava com a documentação regular e que a viagem estava autorização pela Agência. 
 
Assessoria de Comunicação com Agencias Hoje em dia e Jornal de Brasília

Postador Unknown

Seja Bem-vindo ao meu blog. Deixe abaixo os seus comentários. Obrigado por sua visita e volte sempre!
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta