» » » Prefeitura de BH e Comitê Olímpico Rio 2016 trazem programa Transforma para a capital

A Prefeitura de Belo Horizonte e o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 assinaram na quarta, dia 1º, na sede da PBH, no Centro, um acordo de cooperação técnica para o desenvolvimento do programa Transforma. 

A iniciativa tem o objetivo de levar o espírito dos Jogos Olímpicos para as escolas, oferecendo aos estudantes da Rede Municipal de Ensino a oportunidade de conhecer novas modalidades de esportes olímpicos, além de permitir, por meio da prática esportiva, a vivência de valores ligados à disciplina, superação e solidariedade. A expectativa é que o programa atenda 12 mil alunos.
O programa, coordenado pelo Comitê Organizador Rio 2016, será desenvolvido em Belo Horizonte em parceria com as secretarias municipais de Educação (Smed) e de Esportes e Lazer (Smel), começando desde já a gerar um legado social do evento esportivo que vai ser realizado em 2016. As atividades já foram iniciadas, nos dias 26 e 27 de março, com a capacitação esportiva em badminton e hóquei sobre a grama para professores de Educação Física e monitores de 74 escolas atendidas pelos programas Segundo Tempo e Escola Integrada.

A capital mineira foi a primeira cidade do país a assinar o convênio do programa. Esse interesse, segundo o prefeito Marcio Lacerda, se justifica pela oportunidade de trazer aos jovens da cidade valores importantes, aproveitando o momento em que o país sedia um dos maiores eventos esportivos do planeta. “Além dos benefícios para a saúde, o esporte colabora para consolidar valores como disciplina, respeito e persistência, que são tão comuns na vida dos atletas. Será mais um incentivo para nossos alunos e tenho certeza que será muito enriquecedor também para nossos professores”, disse.

Para o presidente do Comitê Organizador Rio 2016, Carlos Arthur Nuszam, a parceria com a PBH foi recebida com alegria pela organização. “A notícia de que Belo Horizonte seria a primeira cidade a assinar o convênio foi recebida com muito entusiasmo. A capital mineira é hoje exemplo para as outras cidades do país e suas políticas públicas nas áreas de Educação e Esportes são próximas ao que o Transforma propõe”, elogiou.

Conhecimento e desafio para comunidade escolar
O conteúdo pedagógico do projeto inclui material didático sobre os movimentos olímpico e paralímpico, como história, jogos e simbologia. As instituições de ensino também receberão sugestões de experimentação esportiva e podem ainda acessar e baixar materiais disponibilizados no site www.rio2016.com/educacao. Ao longo do ano letivo, o programa também trará desafios que estimulam o protagonismo e a criatividade dos alunos.
Segundo a coordenadora do programa Transforma, Dôra Castanheira, todas essas atividades permitirão aos alunos e profissionais “novas experiências motoras e práticas esportivas, aumentando sua cultura corporal de movimento e aproximando-os das diferentes modalidades olímpicas e paralímpicas, algumas pouco conhecidas no Brasil”, explicou.
Já estão programadas próximas rodadas de treinamento entre os dias 7 a 10 deste mês, para formação de coordenadores dos programas Escola Integrada e Segundo Tempo. As atividades serão realizadas na sede da Smed, no bairro Santo Antônio.
com informações PBH

Postador Leonardo Moreira

Seja Bem-vindo ao meu blog. Deixe abaixo os seus comentários. Obrigado por sua visita e volte sempre!
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta