» » » Malafaia chama ministro indicado para o STF de "esquerdopata e comunista"

Segundo Silas Malafaia, Luiz Edson Fanchin é "destruidor da família brasileira"

O pastor Silas Malafaia está a frente de mais uma polêmica envolvendo o conceito de família - um assunto que se arrasta no Legislativo em meio a debates entre parlamentares respresentantes de setores conservadores e progressistas da sociedade. Uma comissão especial na Câmara analisa o estatuto da família.

Ferrenho defensor  do que ele constuma chamar  "da moral e bons costumes",  Malafaia está usando o site "Verdade Gospel",  para convocar "cidadãos de bens" a 'bombardear' por meio de e-mails os 81 senadores da República. O objetivo do pastor é barrar a indicação do jurista Luiz Edson Fachin para uma das vagas de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Fachin foi indicado pela presidente Dilma Rousseff no último dia 14 e deverá ser sabatinado pelo Senado no próximo dia 13, conforme determina a Constituição para confirmação no cargo de ministro do STF.

Para Malafaia, Fachin é "contra a família brasileira" e, por isso , "quer destruí-la". Ele argumenta que o advogado como diretor do Instituto Brasileiro de Direito de Família (IBdfam) patrocina causas que, para Malafaia, são contrárias aos interesses da família brasileira (veja o vídeo abaixo).

Esquerdopatas

Malafaia também diz que Fanchin faz parte de uma turma de "esquerdopatas" que pretendem " ideologizar o Supremo para produzir uma massa informe para ser manipulada por uma eleite política". O pastor evangélico também nomeia Fanchin como "esse cara que tem ideia comunista". 


com informações portal Uai


Postador Leonardo Moreira

Seja Bem-vindo ao meu blog. Deixe abaixo os seus comentários. Obrigado por sua visita e volte sempre!
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta