» » » » Parques municipais oferecem áreas disponíveis para adoção por meio do projeto Adote o Verde

Contribuir para a conservação das áreas verdes é uma das propostas do Adote o Verde, programa de parcerias mantido pela Prefeitura de Belo Horizonte para a implantação, revitalização e manutenção de áreas verdes públicas da cidade. 


Lugares como praças, parques e canteiros de diferentes regiões estão disponíveis para serem adotados. Belo Horizonte conta com mais de 70 parques municipais, administrados pela Fundação de Parques Municipais (FPM). Desses, 40 contam com áreas disponíveis para adoção, entre eles os parques Municipal, Tom Jobim, Nações, Jacques Cousteau, Burle Marx, Pedro Machado, Primeiro de Maio e Vencesli. Atualmente, nove áreas em parques são adotadas. 

Jair Di Gregório é coordenador de captação do programa Adote o verde nas 09 regionais de Belo Horizonte. Segundo ele, financeiramente, a manutenção dos parques municipais é alta, como uma empresa (iniciativa privada) não assume o parque inteiro, a prefeitura está fracionando os jardins, fazendo com que o empresário dê sua contribuição à sociedade, viabilizando o projeto Adote o verde.

Pampulha

A Associação dos Amigos da Pampulha (Apam) adotou voluntariamente o Parque Ecológico e Cultural Enseada das Garças, no bairro Trevo. O parque, fechado para visitações, é uma área de preservação ambiental, onde é possível observar uma nascente que aflora em épocas de chuva. Carlos Augusto Moreira, síndico eleito pela associação para cuidar do parque, conta que a comunidade no entorno abraçou o espaço, ajudando na vigilância do local. "Acreditamos na parceria do poder público com a comunidade para manter o parque conservado", ressaltou.

Assim como a Apam, a Automax adotou o Parque Vila Pantanal, no Buritis. A gerente administrativa Jurandineia Valle explica que a empresa acredita que a área verde é importante para a comunidade por ser um local apropriado para as crianças brincarem e também para a prática de esportes e de lazer em geral. "Escolhemos adotar uma área verde por entender que esses locais são essenciais, pois proporcionam aos usuários uma fuga do dia a dia”, destacou.


Como adotar uma área em um parque
Para adotar alguma área dentro de um parque municipal é necessário que o interessado entre em contado com o setor de gerencia de àreas verdes pelo telefone 3277-8789. Os adotantes podem ser pessoas físicas ou jurídicas, ONGs, instituições e escolas. É possível definir qual o melhor local a ser adotado, de acordo com as condições do padrinho. Caso a pessoa ou empresa já tenha o local específico, será marcada uma reunião com a presença do chefe de departamento, responsável pelo local, para orientar o adotante sobre as medidas necessárias para melhoria e manutenção do local.


São inúmeras as possibilidades de ações, entre elas recuperação de áreas verdes já implantadas; conservação e manutenção de gramados e canteiros; conservação e manutenção de equipamentos e mobiliários; serviços gerais de limpeza de áreas plantadas; reparos e manutenção de jardins; recuperação de edificações; implantação de projetos; implantação de brinquedos, mobiliários e aparelhos de ginástica; conservação e manutenção de edificações, brinquedos, equipamentos de ginástica, canteiros e gramados. 


Além de contribuir com a preservação das áreas verdes da cidade, as pessoas ou empresas adotantes terão alguns retornos de visibilidade, como contrapartida, como, por exemplo, a inserção de uma placa no local adotado, com padrão definido pela Prefeitura, e ações de divulgação como a citação em aplicativos e no site da FPM. Todos os benefícios serão definidos de acordo com as áreas adotadas, junto ao adotante. As ações têm como proposta a valorização das empresas e cidadãos, que terão seus nomes associados a importantes e belas áreas de convívio, com atitudes legítimas e efetivas de preservação. 

Com informações PBH

Postador Leonardo Moreira

Seja Bem-vindo ao meu blog. Deixe abaixo os seus comentários. Obrigado por sua visita e volte sempre!
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta