» » » População reinvindica mudanças na circulação e mais policiamento no bairro Coração Eucarístico

Vereadores foram ao local avaliar situação do trânsito em ruas do bairro vizinho à universidade e constataram problemas

Acompanhados da Polícia Militar e da BHTrans, vereadores constataram em visita técnica, na última terça-feira (28), uma série de infrações que tumultuam o trânsito e trazem transtornos aos moradores do Bairro Coração Eucarístico, nas proximidades do campus da PUC-Minas. 

Estacionamento em local proibido e desrespeito à faixa de pedestres foram as principais irregularidades. A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Transporte e Sistema Viário vai solicitar alterações quanto à circulação de vias, instalação de semáforo para pedestres e aumento do efetivo da PM na região.

Além do estacionamento irregular e do desrespeito dos motoristas a faixas de pedestres, outro problema apontado por universitários foi o tempo curto do semáforo de pedestres em horários de entrada e saída da universidade. “É perigoso na hora de atravessar, pois muitos motoristas não respeitam, parando quase em cima da faixa de pedestre”, relatou Débora Mota, aluna da PUC-Minas. Conforme contou Sandra Rosa Matias, moradora do bairro, para ir ao banco, os motoristas manobram em cima da calçada e põem o veículo no pisca-alerta, engarrafando todo o trânsito.

Policiamento na região
Segundo o tenente do 24º Batalhão da Polícia Militar, Rafael Botelho, a PM está procurando aumentar o seu efetivo e está instituindo patrulhas com viaturas de quatro e duas rodas, em horários críticos, em que os moradores ficam mais vulneráveis à ação de criminosos. Um problema frequente no bairro é que as pessoas param em vagas de garagem, em locais proibidos, mas a Polícia Militar não tem autoridade para realizar a remoção do veículo, que é feita pela BHTrans. “Estamos fazendo a nossa parte, intensificando as multas por estacionamento em locais irregulares e entrando em contato com os órgãos responsáveis pela remoção do veículo”, relatou.  Além disso, juntamente com o Batalhão de Trânsito, a BHTrans informou que realiza campanhas educativas, próximo às instituições de ensino, para que as pessoas evitem parar em filas duplas e outros locais proibidos.

Ações da BHTrans
De acordo com a superintendente de Ação Regional da BHTrans, Maria Odila de Matos, após a vistoria, a BHTrans irá avaliar as demandas apresentadas e verificar a possibilidade de elaboração de um projeto para a melhoria do trânsito na região, analisando possíveis modificações na circulação de vias, com a liberação de alguns estacionamentos proibidos em horários específicos, e a manutenção de outros. Também serão solicitados à equipe técnica da empresa estudos quanto ao tempo semafórico, visando o equilíbrio do trânsito de veículos e de pedestres e a melhoria no tempo de travessia.

Se o veículo estiver em situação de infração, o usuário pode entrar em contato com a BHTrans por meio da Central de Relacionamento da PBH, pelo telefone 156. A reclamação será encaminhada à Central de Operações da empresa, que acionará a equipe de fiscalização nas ruas, a qual atuará no momento da infração. Além disso, a BHTrans tem ações programadas em épocas de vestibulares e, também, ações pontuais, em função da existência de vários bares na região, ocasionando, eventualmente, problemas relativos ao fluxo de veículos.

Com informações Camara de BH

Postador Leonardo Moreira

Seja Bem-vindo ao meu blog. Deixe abaixo os seus comentários. Obrigado por sua visita e volte sempre!
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta