» » » Umei Jardim Vitória II é inaugurada e região Nordeste ganha sua 15ª unidade de educação infantil

Dar oportunidades a um número cada vez maior de crianças ao ensino infantil foi o objetivo da Prefeitura de Belo Horizonte ao entregar, oficialmente, no sábado, dia 20, a 104ª Unidade Municipal de Educação Infantil (Umei) à cidade. Localizada no bairro Jardim Vitória, a Umei Vitória II (Rua Setecentos e Vinte e Seis, 139) é a 15ª Umei da região Nordeste. 

A Umei recebeu o Selo BH Sustentável em reconhecimento ao projeto e às medidas adotadas no processo construtivo e de funcionamento, voltados para a economia de energia, para o uso racional da água e à destinação adequada de resíduos. O prefeito Marcio Lacerda e a secretária municipal de Educação, Sueli Baliza, além de professores, pais e alunos participaram da solenidade de inauguração. A unidade Vitória II foi construída por meio de Parceria Público-Privada e teve o apoio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). O investimento total foi de R$ 3,7 milhões, sendo R$ 1,3 proveniente do FNDE.
Durante o evento, Marcio falou sobre a importância da educação infantil, primeira etapa da educação básica, para o desenvolvimento da criança. “As crianças que frequentam unidades como a Umei Jardim Vitória II com certeza terão mais chances ao longo da vida, pois serão tratadas, em todos os aspectos dessa pequena idade, como seres humanos integrais. Elas crescerão seguras, com respeito ao semelhante, com capacidade de aprender e irão trazer muitas alegrias para suas famílias”, disse o prefeito.

A dona de casa Gabriele de Souza confirmou a importância da unidade para o desenvolvimento da filha Nicole Mikelly de Souza, de 5 anos. “Antes ela era muito quieta. Agora interage e até brinca mais. Além disso, percebo, por meio do carinho com que é tratada pelas professoras, que é muito bem cuidada”, disse.

O local seguro e acolhedor é motivo de alívio para a professora Lidiane Magalhães Moutinho, mãe da Maria Cecília Magalhães Moutinho, de 3 anos. “Deixá-la na Umei é a certeza da segurança e do cuidado. É com tranquilidade e gratidão que a deixo todos os dias para que cuidem dela quando não posso estar por perto”, contou.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Sueli Baliza, é para possibilitar que outras crianças e pais tenham a mesma oportunidade que a Prefeitura trabalha e se empenha para que até 2016 sejam entregues as 150 unidades de educação infantil previstas no plano de governo. “Na região Nordeste temos o intuito de entregar mais seis Umeis, com 440 vagas cada. Isso é, sem dúvida, um marco importante na vida da nossa cidade”, afirmou.

Com capacidade para atender 440 alunos de 0 a 5 anos, com turmas em horário integral e em horário parcial de manhã e à tarde, a Umei Jardim Vitória II tem 1.100 metros quadrados de área construída, em dois pavimentos. No primeiro, dispõe de cozinha, refeitório, despensa, despensa fria, instalações sanitárias, pátio coberto, instalações sanitárias adaptadas por nível de idade e turma, duas salas de aula para crianças de 1 e 2 anos, sala multiuso, biblioteca, fraldário, berçário, sala de atividades, sala de coordenação, secretaria e depósito. No segundo, há oito salas de aula para alunos de 3 a 5 anos, sala de reuniões e instalações sanitárias adaptadas por nível de idade e turma. A área externa conta com jardins, horta, gramado, parquinho, auditório, estrutura para a disposição de resíduos e estacionamento para funcionários.

Atualmente, o atendimento às crianças menores de 6 anos na Rede Municipal de Educação é feito nas 104 Umeis, em 13 escolas municipais de educação infantil, em 16 escolas de ensino fundamental com turmas de educação infantil e em 192 instituições conveniadas, proporcionando educação pública, gratuita e de qualidade a mais de 55 mil crianças.

Selo BH Sustentável
A Umei Vitória II recebeu da Prefeitura o Selo BH Sustentável, que tem a certificação do Bureau Veritas, devido ao fato de as obras, desde a concepção do projeto até a construção e funcionamento, terem sido planejadas para economizar água e energia elétrica, além de adotar a coleta seletiva de resíduos. As torneiras são aeradas, as válvulas de descarga possuem regulagem de vazão e as áreas externas são permeáveis. A economia de água chega a 34,75%, em relação aos sistemas convencionais. Para garantir a economia de energia, a Umei é equipada com aparelhos certificados com o selo Procel A, possui aquecedor solar e lâmpadas fluorescentes. A construção privilegiou a iluminação e a ventilação natural, o que gera uma economia de 28,5%.

Com informações PBH

Postador Leonardo Moreira

Seja Bem-vindo ao meu blog. Deixe abaixo os seus comentários. Obrigado por sua visita e volte sempre!
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta