» » » Falta de medicamentos nas unidades de saúde preocupa vereadores

Problema recorrente nos centros de saúde e UPAs visitadas, o tema será discutido em audiência nesta terça-feira

Milhares de usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) na capital têm sofrido com a falta de medicamentos nas farmácias dos centros de saúde e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). Pacientes com diabetes, hipertensão e transtornos mentais, por exemplo, que fazem uso contínuo de remédios controlados, estão tendo o tratamento interrompido e têm cobrado da prefeitura a solução do problema. Audiência pública da Comissão de Saúde e Saneamento debaterá o tema e as responsabilidades do Município, do governo estadual e da União no fornecimento desses medicamentos.

Em visitas técnicas às unidades de saúde pública da capital, realizadas desde o início do ano, a Comissão de Saúde e Saneamento tem recebido, rotineiramente, denúncias sobre a falta de medicamentos nas farmácias públicas.

Devem participar da reunião os secretários municipais de Governo e de Saúde, o secretário de Estado de Saúde, o Conselho Municipal de Saúde, a Promotoria de Justiça em Defesa da Saúde e a Associação dos Diabéticos do Estado de Minas Gerais.

Com informações CMBH

Postador Leonardo Moreira

Seja Bem-vindo ao meu blog. Deixe abaixo os seus comentários. Obrigado por sua visita e volte sempre!
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta