» » » Refeitório popular na Câmara de BH será reaberto em 2017

Foto: Mila Milowski/ Câmara de BH

 Em articulação política com a nova Mesa Diretora, o prefeito Alexandre Kalil garantiu aos parlamentares a reabertura do Refeitório Popular João Bosco Murta Lages, na sede da Câmara Municipal de BH, ainda no início deste ano. Fechado em junho de 2016, por determinação do então prefeito Márcio Lacerda, o restaurante passará por reformas entre os meses de janeiro e fevereiro, para reabrir as portas com melhorias em suas instalações sanitárias, rede hidráulica, sistema de ventilação e área de manejo das bandejas na cozinha.

Presidente da Casa, o vereador Henrique Braga (PSDB) afirma que a reabertura do refeitório popular é uma demanda da população, lembrando que a unidade servia mais de 1200 refeições diárias. “O nosso esforço é no sentido de atender as pessoas em situação de rua e as centenas de trabalhadores que precisam de alimentação gratuita ou a preços acessíveis”, destaca o parlamentar.

Para o vereador Jair Di Gregório, a reabertura será um avanço social para os trabalhadores da região hospitalar. "A população merece uma alimentação saudável e acessível, além de contemplar as pessoas em situação de rua, que terão refeição gratuita, é um grande gesto da Câmara e da prefeitura de BH".

Inaugurado em 2004, o Refeitório Popular João Bosco Murta Lages foi projetado para servir 500 refeições diárias, mas desde 2007 atende mais de mil pessoas por dia. Em junho 2016, o refeitório foi fechado em razão da reabertura do Restaurante Popular II Josué de Castro, instalado na Rua Ceará, 490, em Santa Efigênia. Conforme já previsto no termo de renovação do convênio entre a Câmara e a Prefeitura (assinado em 2015, pelo então presidente da Câmara, vereador Wellington Magalhães - PTN), o refeitório seria desativado, uma vez que o Restaurante II teria capacidade suficiente para atender toda a demanda da Região Hospitalar. Além disso, Orlei explica que a unidade já apresentava inadequações estruturais, que agora serão corrigidas.

Mantido pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal Adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional, vinculada à Secretaria Municipal de Políticas Sociais, o refeitório deve ser reaberto com a mesma capacidade anterior, para cerca de 120 pessoas sentadas ao mesmo tempo e a oferta de aproximadamente 1,2 mil refeições diárias.

A expectativa é de que o espaço volte a funcionar de segunda a sexta-feira, das 7h às 8h, para o café da manhã, e, das 11h às 14h, para o almoço. Os valores seguirão a tabela dos demais restaurantes, sendo o café oferecido a R$0,75 e o almoço a R$3. As refeições são gratuitas para pessoas em situação de rua cadastradas pela Prefeitura, mediante apresentação de documento de identidade e comprovante do cadastramento. Beneficiários do programa Bolsa Família têm direito a 50% de desconto no serviço.

As refeições são preparadas nos restaurantes populares da Rodoviária e do Barreiro e transportadas até a Câmara Municipal. A qualidade dos alimentos é garantida pelo acompanhamento de nutricionistas, pelo cumprimento de normas nacionais de vigilância sanitária e por transporte e conservação a temperaturas adequadas.

Assessoria de Comunicação com CMBH 


ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO|2017
VEREADOR JAIR DI GREGÓRIO
WHAT OFICIAL| 31988157345|35551430
Imprensajairdigregorio@gmail.com


Postador Unknown

Seja Bem-vindo ao meu blog. Deixe abaixo os seus comentários. Obrigado por sua visita e volte sempre!
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta